Conecte-se Conosco

Tecnologia

Confira as principais notícias dos mercados de tech, negócios e startups

Publicado

em

Por Coluna Giro Tech

Changelly chega ao Brasil oferecendo taxa zero de serviço na compra de criptomoedas através de PIX

A Changelly, plataforma global de troca instantânea de criptomoedas, anuncia o lançamento de sua operação no Brasil, oferecendo aos usuários do país recursos locais (aplicativo, interface, site) e suporte em português 24 horas por dia, 7 dias por semana. A empresa já atendeu mais de 7 milhões de pessoas em todo o mundo com seu serviço de trocas seguras e eficientes tanto de criptomoedas para criptomoedas quanto de moeda fiduciária para criptomoedas.

Tecnologia para o varejo

Com foco no desenvolvimento de soluções tecnológicas que otimizem a trajetória de compra do consumidor dentro do supermercado, a Nextop lançou uma versão inédita do seu carrinho inteligente, que passa a ser equipado com uma balança de precisão capaz de identificar e pesar frutas, legumes e verduras. Em expansão por todo território nacional, as soluções da Nextop estão presentes em 400 lojas de supermercados e a expectativa é que até o final de 2024 a empresa tenha pelo menos mais 20 novas redes supermercadistas entre seus clientes.

BCB Business Day

A RX, empresa organizadora do BCB São Paulo, encontro do setor de bebidas que reúne profissionais de diferentes países, anuncia um novo formato para a próxima edição do evento. Agora, ele será realizado em três dias, sendo o último deles o BCB Business Day, voltado para profissionais com interesse em fazer negócios com as marcas expositoras. O dia exclusivo para negociações também contará com uma programação educacional qualificada, incluindo palestras temáticas de gestão, mercado e tendências ministradas por executivos e especialistas com experiência na área.

Crescimento do E-sport destaca necessidade de nutrição adequada

Marcos Guerra, CEO do Team Solid, alerta sobre a importância da nutrição para o desempenho de profissionais do universo de jogos eletrônicos. Assim como os atletas tradicionais, os gamers também precisam de dietas equilibradas e suplementação adequada, sendo, portanto, um mercado importante para empresas de nutrição esportiva que buscam ampliar sua atuação investindo na saúde dos e-atletas. De acordo com estudo da Newzoo, a profissionalização dos e-sports deve levar o setor a alcançar um faturamento de US$211,2 bilhões em 2025.

Reconhecimento facial na Arena das Dunas

A Bepass iniciou a implantação do reconhecimento facial na Arena das Dunas, em Natal, ampliando sua atuação que já inclui os estádios do Maracanã, Nilton Santos e Allianz Parque. A tecnologia de biometria facial promete revolucionar a segurança e o conforto dos torcedores, permitindo acesso seguro aos estádios em até 3 segundos e facilitando a identificação das pessoas em meio a situações de segurança. Com a Lei Geral do Esporte, que obriga estádios acima de 20 mil pessoas a adotarem esse recurso em até dois anos, a Arena das Dunas se prepara para ser pioneira no Rio Grande do Norte. Segundo Ricardo Cadar, fundador da Bepass, o processo de implementação durará 60 dias e transformará o estádio em referência no uso de biometria facial.

Trust Control lança ferramenta inovadora em BH

A Trust Control, líder em cibersegurança nas regiões Norte e Nordeste do país, anuncia o lançamento de uma ferramenta inovadora para monitorar 24 horas por dia os sistemas das empresas e protegê-las contra invasões, roubo ou sequestro de dados. Batizada de Security Operations Center (SOC 360º), a ferramenta é um centro de operações para detecção, resposta e prevenção de ameaças cibernéticas em tempo real, e foi apresentada a empresários de Belo Horizonte durante um evento na última semana. A Trust Control investiu R$ 1 milhão no SOC 360º, em parceria com empresas como IBM, Tenable, Picus e Axur.

IAS amplia recursos de medição de anúncios digitais em plataformas da Amazon

A Integral Ad Science (IAS), plataforma global de medição e otimização de mídia, expandiu os recursos de geração de relatórios e insights disponibilizados para as campanhas digitais adquiridas na Amazon DSP (Demand Side Platform). Por meio de integração S2S (server-to-server) com a plataforma de compra programática de mídia, os anunciantes agora contam com acesso a novas métricas da IAS em suas personalizadas na Amazon e inventários de mídia no Twitch. Os recursos incluem medições de visibilidade de anúncio (Viewability), de Tráfego Inválido (IVT) e de proteção e de adequação de marca (Brand Safety e Brand Suitability).

Milhões de litros de água economizados

Em um país em que mais de 40% da água captada é desperdiçada antes de chegar ao seu destino, a T&D Sustentável, startup focada na economia de água em empresas, condomínios, hotéis e hospitais, alcançou a marca de 610 milhões de litros economizados em seis anos de atuação. Com presença em mais de 45 cidades brasileiras, a empresa tem como objetivo chegar a 1 bilhão de litros poupados até 2025. Os estados com maior destaque foram o Rio de Janeiro, com 268 milhões de litros economizados, seguido por Bahia (113), São Paulo (90), Rio Grande do Norte (64), Distrito Federal (49) e Minas Gerais (26).

Nuvei recebe Prêmio Smart Customer 2024 por ação no GP São Paulo de Fórmula 1

A Nuvei, fintech canadense patrocinadora da equipe Mercedes-AMG PETRONAS, acaba de receber o Prêmio Smart Customer 2024 na categoria Marketing de Relacionamento, que reconhece práticas empresariais de Customer Experience. A ação de marketing de relacionamento que rendeu à Nuvei esta honraria foi realizada durante o Grande Prêmio Brasil de Fórmula 1 de 2023, realizado em São Paulo. Na ocasião, clientes e parceiros da fintech desfrutaram de uma experiência exclusiva, que incluiu assistir à corrida e aos treinos, visitar os boxes, participar de reuniões da equipe e tomar café da manhã com membros da Mercedes. Além disso, foram oferecidas experiências gastronômicas em renomados restaurantes de São Paulo, como D.O.M., Urus e Charco, especializados na culinária brasileira.

Zallpy Digital é destaque da Sprint Clutch 2024

A Zallpy Digital, especializada no desenvolvimento de soluções digitais personalizadas para empresas de grande porte, foi reconhecida nas categorias “Champion” e “Global” na premiação Spring Clutch 2024, se destacando também nas categorias “Big Data Operations & Processing Company”, “AI Consulting Company” e outras quatro categorias do ranking de tecnologia. A Clutch é o principal mercado global de provedores de serviços B2B. Para Marcelo Castro, CEO da Zallpy Digital, que considera a inovação como uma das principais características da empresa, a premiação demonstra que estão no caminho certo. “Esse reconhecimento é mais um incentivo para continuarmos a entregar resultados excepcionais, com qualidade e agilidade, na transformação digital de nossos clientes”.

SPFC e startup Spoten lançam app para o time masculino de basquete

O São Paulo Futebol Clube lançou seu primeiro aplicativo para o time masculino de basquete. Em parceria com a startup Spoten, a tecnologia visa modernizar a interação com os torcedores durante a temporada de 2024. A plataforma oferece uma solução completa, permitindo aos fãs acessarem notícias da equipe, adquirir ingressos para os jogos e realizar compras em um marketplace integrado. Segundo Ivan Sene, fundador da Spoten, o aplicativo tem expectativa de 2 a 5 mil downloads nos primeiros dias e facilitará a comunicação com os torcedores, enviando notificações de push nos dias das partidas. Além de aumentar o engajamento, o clube espera gerar novas receitas. O app é gratuito e está disponível na Play Store e Apple Store.

Continue lendo

Tecnologia

Como o Open Finance pode promover a democratização ao acesso bancário? Especialista comenta principais pontos

Publicado

em

De

83% dos bancos estão priorizando a experiência do cliente como forma de diferenciação, diz pesquisa da Deloitte com Febraban 

O Open Finance está transformando o setor financeiro, promovendo uma revolução na maneira como os serviços bancários são oferecidos e acessados. A democratização do acesso bancário, uma das principais promessas do Open Finance, tem o potencial de incluir milhões de pessoas no sistema financeiro, oferecendo a elas novas oportunidades, benefícios e serviços mais personalizados.

Esse movimento de transformação também é evidenciado na pesquisa Febraban de Tecnologia Bancária 2024, realizada pela Deloitte e Febraban, que revela que 83% dos bancos estão priorizando a experiência do cliente como forma de diferenciação e direcionando os investimentos em tecnologia para este propósito. Este dado demonstra como o foco na experiência do cliente está se tornando pauta central na estratégia dos bancos, impulsionado pelo avanço do Open Finance.

Segundo o CEO da Lina Open X, Alan Mareines, à medida que o conceito e os benefícios do Open Finance são entendidos, cresce a disposição dos brasileiros em compartilhar seus dados financeiros. Isso se reflete no rápido crescimento do Open Finance no Brasil.

Para entender como essa ferramenta, que consolida todas as informações financeiras em um só lugar, democratiza o setor bancário, consultamos o especialista Alan Mareines, que destacou os principais pontos.

Open Finance democratiza o setor financeiro de quatro formas:

1) Inclusão financeira: para Alan, o Open Finance pode reduzir barreiras de entrada para indivíduos que tradicionalmente não têm acesso aos serviços bancários. “Com a capacidade de compartilhar dados financeiros, instituições menores e fintechs podem oferecer produtos e serviços personalizados, muitas vezes com taxas mais baixas e menos burocracia. Isso beneficia especialmente as populações de baixa renda e aquelas em áreas remotas”, comenta.

2) Transparência e competição: com o compartilhamento de dados, os consumidores têm a possibilidade de comparar mais facilmente os serviços e taxas oferecidos por diferentes instituições. Isso aumenta a competição entre bancos e fintechs, incentivando a melhoria dos serviços e a redução de custos, tornando-os mais acessíveis.

“Em paralelo, quanto mais informações o sistema possui, a partir do histórico financeiro do cliente, mais personalização o Open Finance tem a oferecer, enviando com mais precisão as ofertas de crédito ou de produtos que de fato fazem sentido para o cliente. Esse é um dos grandes diferenciais do sistema”, analisa o CEO.

3) Inovação em serviços financeiros: Mareines observa que o ambiente de Open Finance estimula a inovação, permitindo que novas empresas desenvolvam soluções financeiras criativas e eficazes. “Essas inovações podem incluir desde aplicativos de gestão financeira até novos modelos de crédito, adaptados às necessidades específicas de diferentes segmentos da população”, afirma.

4) Educação e conscientização financeira: ao facilitar o acesso a informações financeiras, o Open Finance também pode desempenhar um papel importante na educação financeira dos consumidores. “Com mais informações à disposição, as pessoas podem tomar decisões mais informadas sobre suas finanças, o que é crucial para a inclusão financeira sustentável”, declara Alan.

Para o CEO, são inúmeras as possibilidades que o Open Finance proporciona aos usuários. “Com a sua adesão feita diretamente pelos aplicativos de bancos, as pessoas podem visualizar o saldo de outras instituições financeiras e receber avisos sobre o cheque especial, por exemplo. Podem também receber recomendações de investimentos mais rentáveis e ofertas de crédito e financiamentos com taxas mais atraentes”, pontua.

Desafios da democratização 

Embora o potencial do Open Finance para democratizar o acesso bancário seja significativo, existem desafios a serem superados. A segurança dos dados é uma preocupação central, pois o compartilhamento de informações sensíveis exige robustas medidas de proteção e regulamentações rigorosas. Além disso, é essencial garantir que todos os participantes, especialmente os consumidores, compreendam como seus dados estão sendo utilizados e os benefícios que isso traz.

É importante deixar claro que a segurança é uma prioridade no Open Finance. “O sistema utiliza protocolos robustos de segurança e criptografia para proteger os dados dos usuários. Além disso, as instituições participantes devem seguir rigorosos padrões regulatórios estabelecidos pelo Banco Central, garantindo a privacidade e a proteção das informações dos consumidores”, conclui Mareines.

A implementação do Open Finance já é uma realidade e o seu sucesso na totalidade depende de um esforço conjunto entre instituições financeiras, reguladores e consumidores. Ao democratizar o acesso, promovendo a inclusão, a transparência, a inovação e a educação  financeira, o Open Finance transformará a vida de milhões de pessoas, oferecendo-lhes acesso a serviços financeiros de qualidade. Somente assim será possível criar um sistema financeiro mais abrangente, completo e acessível para todos.

Lina Open
A Lina nasceu com o objetivo de construir soluções tecnológicas para apoiar instituições financeiras e seguradoras brasileiras em todas as necessidades relacionadas ao ecossistema de compartilhamento de dados e serviços do Open Finance. A empresa, que começou seus trabalhos no Open Banking, já é líder no Open Insurance e se consolidou como um dos mais importantes provedores de Open Finance do mercado brasileiro, sendo o parceiro estratégico de importantes instituições como B3, RTM e TecBan. Saiba mais: https://linaopenx.com.br/

Continue lendo

Tecnologia

Como o Open Finance pode promover a democratização ao acesso bancário? Especialista comenta principais pontos

Publicado

em

De

83% dos bancos estão priorizando a experiência do cliente como forma de diferenciação, diz pesquisa da Deloitte com Febraban 

O Open Finance está transformando o setor financeiro, promovendo uma revolução na maneira como os serviços bancários são oferecidos e acessados. A democratização do acesso bancário, uma das principais promessas do Open Finance, tem o potencial de incluir milhões de pessoas no sistema financeiro, oferecendo a elas novas oportunidades, benefícios e serviços mais personalizados.

Esse movimento de transformação também é evidenciado na pesquisa Febraban de Tecnologia Bancária 2024, realizada pela Deloitte e Febraban, que revela que 83% dos bancos estão priorizando a experiência do cliente como forma de diferenciação e direcionando os investimentos em tecnologia para este propósito. Este dado demonstra como o foco na experiência do cliente está se tornando pauta central na estratégia dos bancos, impulsionado pelo avanço do Open Finance.

Segundo o CEO da Lina Open X, Alan Mareines, à medida que o conceito e os benefícios do Open Finance são entendidos, cresce a disposição dos brasileiros em compartilhar seus dados financeiros. Isso se reflete no rápido crescimento do Open Finance no Brasil.

Para entender como essa ferramenta, que consolida todas as informações financeiras em um só lugar, democratiza o setor bancário, consultamos o especialista Alan Mareines, que destacou os principais pontos.

Open Finance democratiza o setor financeiro de quatro formas:

1) Inclusão financeira: para Alan, o Open Finance pode reduzir barreiras de entrada para indivíduos que tradicionalmente não têm acesso aos serviços bancários. “Com a capacidade de compartilhar dados financeiros, instituições menores e fintechs podem oferecer produtos e serviços personalizados, muitas vezes com taxas mais baixas e menos burocracia. Isso beneficia especialmente as populações de baixa renda e aquelas em áreas remotas”, comenta.

2) Transparência e competição: com o compartilhamento de dados, os consumidores têm a possibilidade de comparar mais facilmente os serviços e taxas oferecidos por diferentes instituições. Isso aumenta a competição entre bancos e fintechs, incentivando a melhoria dos serviços e a redução de custos, tornando-os mais acessíveis.

“Em paralelo, quanto mais informações o sistema possui, a partir do histórico financeiro do cliente, mais personalização o Open Finance tem a oferecer, enviando com mais precisão as ofertas de crédito ou de produtos que de fato fazem sentido para o cliente. Esse é um dos grandes diferenciais do sistema”, analisa o CEO.

3) Inovação em serviços financeiros: Mareines observa que o ambiente de Open Finance estimula a inovação, permitindo que novas empresas desenvolvam soluções financeiras criativas e eficazes. “Essas inovações podem incluir desde aplicativos de gestão financeira até novos modelos de crédito, adaptados às necessidades específicas de diferentes segmentos da população”, afirma.

4) Educação e conscientização financeira: ao facilitar o acesso a informações financeiras, o Open Finance também pode desempenhar um papel importante na educação financeira dos consumidores. “Com mais informações à disposição, as pessoas podem tomar decisões mais informadas sobre suas finanças, o que é crucial para a inclusão financeira sustentável”, declara Alan.

Para o CEO, são inúmeras as possibilidades que o Open Finance proporciona aos usuários. “Com a sua adesão feita diretamente pelos aplicativos de bancos, as pessoas podem visualizar o saldo de outras instituições financeiras e receber avisos sobre o cheque especial, por exemplo. Podem também receber recomendações de investimentos mais rentáveis e ofertas de crédito e financiamentos com taxas mais atraentes”, pontua.

Desafios da democratização 

Embora o potencial do Open Finance para democratizar o acesso bancário seja significativo, existem desafios a serem superados. A segurança dos dados é uma preocupação central, pois o compartilhamento de informações sensíveis exige robustas medidas de proteção e regulamentações rigorosas. Além disso, é essencial garantir que todos os participantes, especialmente os consumidores, compreendam como seus dados estão sendo utilizados e os benefícios que isso traz.

É importante deixar claro que a segurança é uma prioridade no Open Finance. “O sistema utiliza protocolos robustos de segurança e criptografia para proteger os dados dos usuários. Além disso, as instituições participantes devem seguir rigorosos padrões regulatórios estabelecidos pelo Banco Central, garantindo a privacidade e a proteção das informações dos consumidores”, conclui Mareines.

A implementação do Open Finance já é uma realidade e o seu sucesso na totalidade depende de um esforço conjunto entre instituições financeiras, reguladores e consumidores. Ao democratizar o acesso, promovendo a inclusão, a transparência, a inovação e a educação  financeira, o Open Finance transformará a vida de milhões de pessoas, oferecendo-lhes acesso a serviços financeiros de qualidade. Somente assim será possível criar um sistema financeiro mais abrangente, completo e acessível para todos.

Lina Open
A Lina nasceu com o objetivo de construir soluções tecnológicas para apoiar instituições financeiras e seguradoras brasileiras em todas as necessidades relacionadas ao ecossistema de compartilhamento de dados e serviços do Open Finance. A empresa, que começou seus trabalhos no Open Banking, já é líder no Open Insurance e se consolidou como um dos mais importantes provedores de Open Finance do mercado brasileiro, sendo o parceiro estratégico de importantes instituições como B3, RTM e TecBan. Saiba mais: https://linaopenx.com.br/

Continue lendo

Tecnologia

Giro Tech: Confira os destaques de julho

Publicado

em

De

*Por Coluna Giro Tech

Turismo estudantil movimenta Porto Seguro

A Forma Turismo, pioneira em viagens estudantis no Brasil e na América Latina, anuncia o início da temporada de viagens de formaturas para Porto Seguro (BA), em 2024. Este ano, mais de 35 mil alunos de todo o Brasil viajarão com a empresa, número 30% maior do que no mesmo período do ano anterior. Somente com as viagens programadas para o mês de julho, a Forma Turismo está atendendo 450 cidades e 15 mil escolas. No total, são mais de 2 mil pessoas envolvidas em todos os processos logísticos e na realização de eventos exclusivos, como o “Porto Festival”, que tem faturamento médio de R$ 50 milhões. O impacto financeiro da empresa em Porto Seguro é de mais de R$ 110 milhões, além disso, o turismo estudantil gera mais de 3 mil empregos diretos, indiretos e temporários na cidade.

 

Nova parceria

A Voke, líder em locação de hardwares pelo modelo As a Service e na comercialização de equipamentos seminovos de tecnologia, anunciou uma parceria com a Trocafone, referência na compra e venda de smartphones seminovos no Brasil. Agora, os consumidores poderão adquirir notebooks seminovos da Voke diretamente pelo site da Trocafone, ampliando o acesso a equipamentos tecnológicos de qualidade. Com uma receita de R$ 543 milhões no último ano, a Voke busca democratizar ainda mais o acesso a hardwares com procedência e garantia, beneficiando novos consumidores em todo o país.

Novo CMO da DUX

João Pedro Novochadio, ex-Diretor de Inovação e Marketing do Club Athletico Paranaense se torna CMO da DUX, uma das maiores empresas de Web3 da América Latina. O executivo, que também já foi Head de marketing do Sócios.com, será responsável por impulsionar o negócio de carteiras digitais para criadores de conteúdo, principal foco da DUX no momento – trazendo inovação ao cenário da Web3. “Precisávamos de um olhar para além da tecnologia e o JP transita muito bem em segmentos diferentes”, pontua Luiz Octávio Gonçalves Neto, fundador e CEO da DUX.

 

Movimentação de mercado

Steve Pereira é o novo CEO da House Performance. O anúncio vem pouco depois da aceleradora de marketing e vendas especializada nos mercados imobiliário e automotivo confirmar recentemente sua união com a agência de marketing digital GOAT Digital, que adquiriu 30% da empresa. A GOAT Digital e a House Performance continuarão operando com marcas distintas, em busca das melhores práticas e de inovações tecnológicas para atender às reais necessidades de seus clientes. Juntas, as empresas já geraram R$1 bilhão em vendas para seus clientes.

 

Expansão pela conectividade

A Ascenty, empresa de data centers fruto da parceria entre Digital Realty e Brookfield Infrastructure, acaba de lançar a plataforma Service Fabric™ para melhorar a conectividade de seus data centers. Iniciando a operação em São Paulo, a novidade faz parte da estratégia para consolidar o Brasil como seu principal mercado. Em 2023, a Ascenty investiu R$ 886,88 milhões em infraestrutura e serviços, expandindo sua rede para 24 data centers em operação e 10 em construção.

 

Conheça o Sicoob Tag

O Sicoob lança uma nova campanha promocional para incentivar a adesão dos cooperados ao Sicoob Tag, um adesivo eletrônico que facilita o dia a dia, especialmente em viagens e passeios. Desenvolvido em parceria com a Greenpass, o Sicoob Tag permite que os usuários passem por pedágios e estacionamentos credenciados sem precisar parar, utilizando a tecnologia de leitura por radiofrequência (RFID). Aqueles que ativarem o plano mensal do Sicoob Tag até 8 de agosto receberão até mil pontos Coopera, distribuídos em 250 pontos por mês durante as quatro primeiras mensalidades. “Oferecemos toda a conveniência para nossos cooperados tanto na aquisição quanto no uso do Sicoob Tag. Se você utiliza pedágios e estacionamentos com frequência, essa ferramenta é uma ótima opção para você, pois oferece praticidade, agilidade, comodidade e segurança, além de outras vantagens como controle de gastos e promoções exclusivas”, ressalta Vitor Perotto, supervisor comercial De Loyalty, Marketplace e Bandeira do Sicoob. Acesse o site e saiba mais.

 

Hughes do Brasil para ELAS!

Com objetivo de promover a equidade de gênero e aumentar a presença feminina dentro da empresa, a Hughes do Brasil, anunciou um aumento significativo na contratação de mulheres. A iniciativa é resultado do Programa Plural, implementado pela organização. Se em 2021, 18% das novas contratações eram mulheres, no ano de 2023 esse percentual saltou para 52%. O programa também elevou a presença feminina na liderança de 29% para 34% e aumentou a presença de estagiárias de 33% em 2021 para 85% em 2023.

 

Koru e Rocketmat fecham parceria para recrutar por meio de IA

Por meio da tecnologia da Inteligência Artificial (IA) intitulada Koru Magic Works, a Universidade Corporativa Korú e a empresa de tecnologia IA para recrutamento Rocketmat farão recrutamentos com abordagem imparcial na seleção de candidatos. O recurso permite eliminar vieses relacionados à formação, idade, gênero, raça, orientação sexual, religião e qualquer outra característica socioeconômica por meio do anonimato dos candidatos, garantindo um processo de recrutamento mais justo e transparente. A nova tecnologia gera mais confiança no processo de recrutamento e seleção, uma vez que todos têm certeza de que receberão um retorno rápido e sem parcialidades sobre a candidatura, diminuindo a ansiedade causada pelos processos de avaliação.

 

Instituto Baccarelli impacta mais de 6 milhões de pessoas em CEUs de São Paulo

Em 2023, os Centros Educacionais Unificados (CEUs) gerenciados pela Secretaria Municipal de Educação (SME) da cidade de São Paulo, através de uma parceria com o Instituto Baccarelli, realizaram mais de 6,6 milhões de atendimentos à população. O Instituto, conhecido por fundar a primeira orquestra sinfônica do mundo em uma favela, a Orquestra Sinfônica Heliópolis, administra 12 unidades dos CEUs, oferecendo uma ampla gama de atividades culturais e esportivas. Durante o ano, estas unidades atraíram cerca de 113 mil usuários, sendo 73% deles mulheres.

Yogoberry lança novo modelo de mini quiosques

A rede de franquias Yogoberry lançou oficialmente seu mini quiosque durante a ABF Franchising Expo 2024, realizada entre os dias 26 e 29 de junho no Expo Center Norte, em São Paulo. Com investimento inicial a partir de R$149 mil, incluindo taxa de franquia de R$35 mil, e retorno previsto entre 18 e 24 meses, o novo modelo e negócio tem como objetivo impulsionar a expansão nacional da marca, que sob a liderança de Leonardo Diniz e Gustavo Val cresceu mais de 39% nos últimos 12 meses, com projeção de aumentar esse número nos próximos anos.

Continue lendo
Propaganda

Destaque